Blogue

EFLORESCÊNCIA

Saiba como evitar este problema

A eflorescência é o depósito de sais solúveis na superfície das placas cerâmicas. Os sais são transportados pelo fluxo de água que atravessa a placa. Esse fluxo é decorrente de má impermeabilização e pode ser evitado. A eflorescência ataca todo tipo de elemento construtivo, como vigas e pilares de concreto e outros.

Três fatores contribuem para o aparecimento da eflorescência:
  1. Teor de sais solúveis presentes no cimento: quanto maior o porcentual, maior a tendência ao fenômeno;
  2. Presença de água para dissolver os sais e transportá-lo para a superfície;
  3. Existência de pressão hidrostática para propiciar a migração da solução até a superfície.

A cerâmica é um material queimado a 1250C e suas faces tornam-se inertes à intempéries. Quimicamente a eflorescência é formada, principalmente, por sais de metais alcalinos, como sódio e potássio, e alcalinos terrosos (cálcio e magnésio), solúveis ou parcialmente solúveis em água. Quando a cerâmica é atingida pela eflorescência, é possível adotar alguns procedimentos de limpeza, mas o melhor é prevenir.

Limpeza

Em lojas de materiais para construção é possível encontrar produtos químicos que facilitam a limpeza, ou utilizar solução de ácido acético ou muriático diluídos de 1/10 (1 parte de ácido para 10 de água), em seguida fazer lavagem com detergente neutro.

EFLORESCÊNCIA

Direitos DANNTEC Xmax | eTormann © 2016

Tecnologia do Blogger.